web protoc.ponta.ouro jun19Com o objetivo de alargar competências dos alunos nas áreas do ambiente, da saúde e das ciências naturais, a Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP), a Reserva Marinha Parcial da Ponta do Ouro (RMPPO) e Escola Primária Completa da Ponta do Ouro assinaram, na passada semana, um protocolo de implementação de um programa educativo de partilha de saberes e experiências, o qual contempla, entre outras atividades, visitas de estudo, observação de ecossistemas naturais e eventos culturais, desportivos, científicos e de voluntariado.

A parceria estabelece visitas de estudo ou trabalhos de investigação pelos estudantes da EPM-CELP na RMPPO “para estudo e observação dos ecossistemas existentes, sensibilizando os alunos para o reconhecimento que a natureza constitui um património comum de todos cidadãos a ser preservado”, tal como textualmente protocolado. Em contrapartida a nossa Escola cede recursos humanos para capacitação de professores e alunos moçambicanos.

As três entidades signatárias do protocolo comprometeram-se com o sucesso do programa educativo nos planos executivo e logístico.

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo