Sessão solene 21 anos Dina Trigo Mira WebA sessão solene alusiva às comemorações dos 21 anos da EPM-CELP, na passada sexta-feira, 27 de novembro, foi marcada por um misto de emoções, alegria e lágrimas de tristeza. Alegria, pelo reconhecimento do mérito dos alunos no desempenho escolar durante o ano letivo 2019/2020. Tristeza pela despedida da presidente da Comissão Administrativa Provisória da EPM-CELP, Dina Trigo de Mira. Figuras diplomáticas portuguesas e moçambicanas, alunos, pais e encarregados de educação, funcionários e professores, embora em número reduzido devido às fortes restrições impostas pelas medidas de prevenção da Covid-19, testemunharam este momento marcante no Auditório Carlos Paredes.

As entoações dos hinos de Portugal e Moçambique, interpretados pelos alunos Hugo Nascimento e Nhikiwa Bilale, ao piano, acompanhados pelas vozes dos petizes do quarto ano, marcaram o início da celebração. Logo a seguir, Dina Trigo de Mira, diretora da EPM-CELP, tomou lugar no púlpito para fazer o seu último discurso enquanto dirigente da instituição, que lidera há 14 anos.
Sessão solene 21 anos 2Emocionada, a diretora frisou que a EPM-CELP deve continuar a estar em sintonia com o seu tempo. Deve “ser moderna, adaptável, capaz de formar cidadãos preparados para lidar com mudanças constantes e imprevisíveis, preparada, também, para olhar o mundo e as pessoas como o bem mais precioso a preservar, sabendo que cada ação pode contribuir decisivamente para a sustentabilidade do planeta e da nossa qualidade de vida”, disse, acrescentando que por isso “orgulhamo-nos dos nossos alunos que hoje vão receber os merecidos prémios. Eles representam o sucesso da missão educativa que assumimos”. 
Sessão solene 21 anos
Na sequência, a dirigente agradeceu a todos que contribuíram para o sucesso da sua função ao longo dos 14 anos que esteve a dirigir os destinos da escola. “Aproveito a oportunidade para dirigir algumas palavras de apreço e agradecimento a todos que trabalharam comigo direta e indiretamente ao longo dos últimos 14 anos. Foi um privilégio ter contado com a dedicação e a amizade de todos. Deixo um pouco de mim, mas levo muito de todos vós”, concluiu.

No campo protocolar, o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, destacou, em vídeo (clicar para ver) o papel de seu pai, Baltazar Rebelo de Sousa – patrono do prémio de mérito escolar com o seu nome que distingue o melhor aluno do 11.º ano da EPM-CELP – ao serviço dos laços de fraternidade entre as pátrias irmãs, Portugal e Moçambique.

Outra mensagem, em vídeo (clica para ver), foi endereçada pela Secretária de Estado da Educação de Portugal, Inês Ramires, invocando o papel da atual diretora da EPM-CELP, Dina Trigo de Mira.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

pontalingua quad

biblioteca

Logo UPA

despesc

Topo