avo ao colo

A Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa e o Camões – Centro Cultural em Maputo associam-se, pelo segundo ano consecutivo, às comemorações do Dia Mundial da Língua Portuguesa, instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), como o dia 5 de maio, através da edição do livro infantil “Contar histórias com a avó ao colo”.

Este projeto, assente na originalidade do título, remete para ditados e expressões populares, mas também para uma certa ancestralidade, para o saber passado de geração em geração. Oferece uma imagem maternal e feminina (já que todos os textos são escritos por mulheres) e a fixação no tempo de um saber que constitui a identidade cultural dos vários povos e nações de Língua Portuguesa.

O intuito principal é, por isso, a promoção e a valorização da Língua Portuguesa no espaço, por excelência, que integra o berço das várias culturas, tradições e linguagens que constituem a identidade desta língua para memória futura. Mas, o trabalho foi igualmente idealizado para fazer nascer e/ou estreitar pontes entre autores (escritores e ilustradores) dos vários países de Língua Portuguesa, de forma a criar uma rede de relações (inter)pessoais que possa ajudar na circulação e difusão de livros entre países de língua comum, mas de contextos muito distintos.

“Contar histórias com a avó ao colo” é um projeto literário coletivo, com a participação de autoras dos diversos países lusófonos como é o caso de Angola (Maria Celestina Fernandes), Brasil (Mariana Ianelli), Cabo Verde (Natacha Magalhães), Guiné-Bissau (Kátia Casimiro), Moçambique (Angelina Neves), Portugal (Lurdes Breda), São Tomé e Príncipe (Olinda Beja) e Timor Leste (Céu Lopes). A ilustração e o design editorial são da autoria da Tânia Clímaco e a coordenação editorial é da responsabilidade da Teresa Noronha.

De salientar que este projeto, além da edição do livro em suporte de papel, estará igualmente disponível em suporte digital, formato de e-book, para descarregamento gratuito no site do Camões em Maputo, podendo assim estar disponível para leitura em qualquer parte do mundo e não apenas nos países de língua oficial portuguesa.

Este livro contou ainda, para além do apoio do Camões- Centro Cultural Português em Maputo, com um patrocínio da Rede Bibliotecas Escolares que irá também ajudar na distribuição do livro pelas Bibliotecas das Escolas Portuguesas no Estrangeiro.


Comentar


Código de segurança
Atualizar

pontalingua quad

biblioteca

Logo UPA

despesc

Topo