expoPHá dois sentidos, o real e o metafórico, na exposição “Flores de todas as cores”, inaugurada na segunda-feira, 21 de novembro, no átrio central, no Pátio das Laranjeiras e no novo refeitório da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP), pertencentes aos alunos desde o pré-escolar até ao ensino secundário que, nitidamente, nos ajudam a perceber, nas duas vertentes, os seus mistérios. Mais do que celebrar o centenário do considerado maior da expressão da Literatura Portuguesa contemporânea, José Saramago, os trabalhos, desafiadores, deram asas à imaginação e à criatividade.

Pensadas e concetualizadas pelo Plano Cultural de Escola, as dezenas de obras sobre vida e obra de Saramago, cumprem igualmente a função de ponte de intercâmbio sociocultural, ao unir duas escolas, dois povos, duas culturas. Isto é, enquanto a missão da EPM-CELP foi recriar obras do homenageado, à moda portuguesa – desde a narrativa, os retratos, o teatro, a música – os alunos da Escola Comunitária Imaculada Conceição moldaram-nas com um toque moçambicano.
web festa.final 08 web festa.final 09

“Depois de, no ano passado, termo-nos focado na figura de José Craveirinha, no âmbito do centenário do seu nascimento, este ano decidimos cruzar as comemorações do 23.º aniversário da escola com os 100 anos de nascimento de José Saramago”, explicou Inês George, professora e coordenadora do Projeto Cultural de Escola - Plano Nacional das Artes, para quem “o tema sobre Saramago foi explorado de vários sentidos. Ou seja, não só na pessoa dele, como também nas obras que ele produziu”.

A iniciativa, de tão aglutinadora, incluiu a Feira do Livro, promovida pela Biblioteca Escolar José Craveirinha; o lançamento do livro “Lamura” de Suzy Bila, através do setor de publicações da EPM-CELP; a música e o teatro, através do Departamento de Expressões e o projeto Mabuko Ya Hina que facilitou o intercâmbio entre as duas escolas e dinamizou atividades relacionadas com a leitura e dramatização.
expo9A exposição reúne trabalhos dos alunos de todos os ciclos, incluindo os da Sala do Ensino Estruturado, feitos em contexto de sala de aula, desde o segundo período do ano letivo passado. São retratos de José Saramago feitos a partir de materiais reciclados e em formato de puzzle; recriações escritas e desenhadas do conto para a infância “A maior flor do Mundo” depois do visionamento do filme; ilustrações; a construção da passarola voadora; teatro, entre outros.

“Flores de todas as cores” foi desenvolvido em colaboração com professores das disciplinas de Português, Inglês, Música, Educação Física, Educação Visual, Desenho, História de Cultura e das Artes e Filosofia e é a temática central das celebrações.
web festa.final 08 web festa.final 09
web festa.final 08 web festa.final 09
web festa.final 08 web festa.final 09

Comentar


biblioteca

Logo UPA

despesc

pontalingua quad

pna

Logo UPA

jornalarte quad
Logotipo 1 vencedor
Topo