Notícias

No dia 24 de maio, às 18 horas, decorreu, no Auditório Carlos Paredes, a 11ª edição do Concurso Brinquedo Científico, organizado pelo projeto “Mãos na Ciência”, no qual participaram catorze alunos do 3º CEB, que apresentaram os seus trabalhos.

A prestação dos alunos foi avaliada por um júri, constituído por quatro professores e um membro da Associação de Pais e Encarregados de Educação da EPM-CELP que observaram critérios relativos ao brinquedo (construção, criatividade e funcionamento), à expressão oral (fluência e correção do discurso) e à postura (linguagem corporal e contactos visuais).

Tendo em conta a qualidade dos trabalhos e a apresentação dos mesmos, foram distinguidos, os três melhores Brinquedos Científicos realizados pelos alunos Shayrah Suleimane do 9ºB, Tomás Garrido do 8ºB e Melanie Bay do 9ºB. No entanto, há que felicitar todos os participantes pelo empenho e desempenho demonstrados.

Todos, concorrentes, pais e familiares e professores se mostraram muito orgulhosos dos participantes no concurso.

As Mãos na Ciência agradece o empenho e o contributo dos pais para a consecução dos projetos, destaca o apoio de familiares e professores e felicita os jovens cientistas concorrentes que mostraram saber investigar, planificar, construir e comunicar ciência.

                                                                                               Ana Paula Relvas

Os alunos da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa, Ana Reis, Rodrigo Garrido e Ivanny Monteiro, selecionados para defender os seus trabalhos na Mostra Nacional de Ciência 2024, que decorreu na Alfândega do Porto, tiveram um desempenho excecional, pois foram atribuídas duas Menções Honrosas, uma para a Ana e outra ao Rodrigo.

Na Mostra Nacional de Ciência estão representados os 100 melhores trabalhos submetidos ao Concurso Nacional de Jovens Cientistas e Investigadores, pelo que a participação neste evento da Fundação da Juventude, representa, só por si, o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos alunos e pelos professores que os orientaram e acompanharam, desta feita, pela docente Ana Silveiro.

Muitos parabéns!!

 

O "nosso" Elefante, construído na Sucateira Vulcano com material de sucata reaproveitado, pertence finalmente à grande família da "Casa Amarela".

O  Elefante grande, que saúda todos os que passam pelo portão 4 ou os que se encontram na cantina, fez parte da exposição "Enferrujados", que trouxe à EPM-CELP uma coleção de peças de arte criadas a partir de ferro-velho. Estes animais selvagens e criaturas marinhas decoraram os jardins e o átrio da escola, numa alusão ao "Dia Mundial da Vida Selvagem", assinalado a 3 de março, data em que se juntaram à exposição os trabalhos desenvolvidos em oficinas de expressão plástica dirigidas a alunos de todos os anos de escolaridade.

No passado dia 15 de maio, o departamento de Educação Pré-Escolar da EPM-CELP assinalou o Dia Internacional da Família com uma celebração conjunta que envolveu as crianças e respetivas famílias.

O departamento proporcionou um conjunto de atividades dinâmicas e divertidas divididas por quatro estações: pintura, fotografia, jogos e dança. No final, as crianças cantaram, em conjunto, uma canção dedicada às famílias, junto ao auditório Carlos Paredes.

As jogadoras da equipa de voleibol do 3º ciclo, orientadas pelo Professor Custódio Malenda, sagraram-se vencedoras do Torneio de Voleibol nos escalões de Sub 12 e Sub 14 feminino.

No escalão de Sub 14, à entrada da última jornada, a equipa de Sub 14 precisava de vencer e dependia, ainda, do resultado do jogo entre a AISM e a Trichardt School. Com muita personalidade, as jovens do coletivo da EPM-CELP venceram o jogo que as opôs ao Clube das Mahotas, num jogo muito disputado e cheio de emoção e esperaram pelo resultado do jogo entre as outras duas equipas. O mesmo foi favorável às nossas cores e, na aplicação dos critérios de desempate, o primeiro lugar sorriu.

Subcategorias

Micaia EPM no FB

micaia

 

ic acesso

 

 

Pesquisa